quinta-feira, 22 de maio de 2014

CASCAS DURAS



Quando vi esse texto no facebook de uma amiga, não pensei duas vezes em trazer pra vocês uma preciosidade dessa.

O texto expressa algo tão profundo com uma leveza indescritível.

Não deixem de ler.

A cada palavra que meus olhos enxergavam, meu coração se enchia de amor e minha alma contemplava a beleza da maturidade experenciada ao longo da vida.

Parem alguns minutos do seu dia e leiam.
Todos devem fazer isso.

Sintam o perfume desse texto:



"Quando eu era criança e pegava uma tangerina para descascar, corria para meu pai e pedia:

- Pai, começa o começo!

O que eu queria era que ele fizesse o primeiro rasgo na casca, o mais difícil e resistente para as minhas pequenas mãos. 


 
Depois, sorridente, ele sempre acabava descascando toda a fruta para mim. Mas, outras vezes, eu mesmo tirava o restante da casca a partir daquele primeiro rasgo providencial que ele havia feito.

Meu pai faleceu há muito tempo (e há anos, muitos, aliás) não sou mais criança. Mesmo assim, sinto grande desejo de tê-lo ainda ao meu lado para, pelo menos, "começar o começo" de tantas cascas duras que encontro pelo caminho. 
 
Hoje, minhas "tangerinas" são outras. 


 
Preciso "descascar" as dificuldades do trabalho, os obstáculos dos relacionamentos com amigos, os problemas no núcleo familiar, o esforço diário que é a construção do casamento, os retoques e pinceladas de sabedoria na imensa arte de viabilizar filhos realizados e felizes, ou então, o enfrentamento sempre tão difícil de doenças, perdas, traumas, separações, mortes, dificuldades financeiras e, até mesmo, as dúvidas e conflitos que nos afligem diante de decisões e desafios.

Em certas ocasiões, minhas tangerinas transformam-se em enormes abacaxis...

Lembro-me, então, que a segurança de ser atendido pelo papai quando lhe pedia para "começar o começo" era o que me dava a certeza que conseguiria chegar até ao último pedacinho da casca e saborear a fruta. 



O carinho e a atenção que eu recebia do meu pai me levaram a pedir ajuda a Deus, meu Pai do Céu, que nunca morre e sempre está ao meu lado. 
 
Meu pai terreno me ensinou que Deus, o Pai do Céu, é eterno e que Seu amor é a garantia das nossas vitórias.

Quando a vida parecer muito grossa e difícil, como a casca de uma tangerina para as mãos frágeis de uma criança, lembre-se de pedir a Deus:

- Pai, começa o começo!



Ele não só "começará o começo", mas resolverá toda a situação para você.

Não sei que tipo de dificuldade eu e você estamos enfrentando ou encontraremos pela frente neste ano. 

Sei apenas que vou me garantir no Amor Eterno de Deus para pedir, sempre que for preciso: 
 
- Pai, começa o começo!"

(Autor desconhecido)




Que maravilha gente!
 
Que peçamos MESMO ao Senhor que descasque TODAS as "cascas duras" de nossas vidas


Um gde beijo
Isabela




8 comentários:

  1. Respostas
    1. Divino mesmo, né Andreia?

      Faz a gente refletir.

      Obrigada pela visita e pelo carinho.

      Bjo
      Isabela

      Excluir
  2. Karina Gonçalves23 de maio de 2014 10:37

    Bela, simplesmente maravilhoso!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é, Karina? Lindo d++++

      Obrigada pelo comentário e pela visita.

      Bjos

      Excluir
  3. Lindo demais Bela!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa Nanda, qdo li esse texto quis compartilhar imediatamente, pois uma preciosidade dessa deve ser lido por todos.

      Um gde beijo
      Bela

      Excluir
  4. Amei muito! É tão bom ser como crianças para Deus... Bjo! Fa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ser crianças aos olhos de Deus muda tudo.
      Porque sabemos que o nosso Pai sempre estará atento aos nossos movimentos.

      Bom demais confiar nessa proteção.

      Um gde beijo
      Bela

      Excluir